Cães Gatos

Truques infalíveis para dar remédio para gatos e cachorros

Os cuidados com nosso pet, muitas, vezes envolvem a administração de remédios e sejam eles líquidos ou em comprimidos, alguns tutores enfrentam grandes dificuldades diante da missão de fazer o animal aceitar e ingerir o medicamento.

Se o seu cachorro ou gato é daqueles que foge, cospe ou até mesmo fica agressivo na hora de tomar remédio, acompanhe essas dicas infalíveis que preparamos para tornar esse momento muito mais fácil e tranquilo.

 

1. Faça parecer um petisco

 

Enganar seu cachorro ou gato fingindo que o remédio é um petisco talvez não seja a técnica mais infalível, mas pode funcionar para os mais gulosos.

Jogue o comprimido para o seu pet como se fosse um petisco e se ele no impulso acabar comendo o remédio sem perceber que foi enganado, ofereça um petisco de verdade muito saboroso como recompensa.

Caso seu animal esteja fazendo um tratamento em longo prazo, essa técnica pode não funcionar todas as vezes, já que ele irá perceber que será enganado novamente e desistir de ir atrás do falso petisco.

 

2. Esconda o remédio no meio de um alimento

 

Um dos truques mais conhecidos e que costuma funcionar bem é usar a comida para camuflar o medicamento. Isso funciona principalmente para os cachorros que, principalmente quando estão diante da sua comidinha favorita, se deslumbram a ponto de nem ao menos mastigar direito, o que faz o remédio ser ingerido sem que ele perceba.

O truque também pode funcionar com gatos, contanto que você saiba escolher a comida que vai esconder o remédio, que pode ser ainda uma ração úmida ou um patê, já que ela consegue envolver o comprimido mais do que a seca.

Para facilitar ainda mais o trabalho, você pode escolher a comida que seu pet mais gosta, como uma carne, legume ou uma fruta. Mas não se esqueça de consultar o veterinário para se certificar que aquele medicamento pode ser ingerido junto com alimento.

 

3. Injete o medicamento com uma seringa

 

Quando o remédio é líquido, o truque de envolvê-lo no alimento provavelmente não irá funcionar, uma vez que a comida terá o gosto do remédio e o animal irá se recusar a comê-la mesmo se for algo que ele gosta muito.

Nesse caso, uma dica é usar uma seringa com a dose certa do medicamento e inseri-lo em sua totalidade pela lateral da boca do cão ou gato, entre os dentes e a gengiva.

É preciso ter cuidado e delicadeza para não machucar a boca do animal nesse momento. Além disso, é indicado que você segure a boca dele fechada por alguns segundos para que ele não cuspa o líquido, mas o engula por completo.

 

4. Insira o remédio direto na boca do pet

 

Apesar desse método causar um pouco de desconforto, ele pode ser a única alternativa quando as demais não dão certo. Aqui, você deverá primeiro ganhar a confiança do seu animal e não deixar que ele perceba que há um medicamento em jogo.

Quando perceber que é possível, abra sua boca, de preferência com a ajuda de outra pessoa e solte o medicamento o mais profundo possível da língua, já próximo da garganta.

Em seguida, feche a boca do bichinho e aguarde até perceber que ele engoliu o remédio.

Por mais que essa opção pareça terrível, fique tranquilo porque os animais têm facilidade para engolir sem mastigar mesmo a seco e apesar de um certo desconforto, a sensação ruim passa logo em seguida.

Se mesmo com todas essas técnicas o seu cachorro ou gato não ingerir o medicamento, consulte o veterinário para que ele indique o melhor caminho para resolver esse problema. Não se esqueça que o bem-estar do seu pet deve estar em primeiro lugar.

Para outras dicas sobre cuidado animal ou para ter acesso aos melhores produtos no zelo com seu pet, acesse nosso site.

Deixe uma resposta